Trabalho remoto digital

Avaliador de Mídias: entenda o que é e como se tornar

Entenda como trabalhar online para multinacionais como Google, Appen, Microsoft, Netflix entre outras como Avaliador de Mídias! 

O Google e outras empresas contratam de forma terceirizada pessoas para trabalhar em projetos online relacionados a testes e avaliações em sites, aplicativos, mecanismos de buscas e mídias sociais.

Nesse artigo você vai entender melhor sobre o que é esse trabalho e como é possível prestar serviços na área para grandes empresas digitais.

O que é um Avaliador de Mídias

O Avaliador de Mídias é o profissional responsável por tarefas relacionadas a avaliações de anúncios, resultados de busca, postagens e conteúdos em mídias.

A internet está cada vez mais forte e a presença online de empresas, pequenos negócio e vários tipos de conteúdos é grande.

E para avaliar e garantir a qualidade de entrega de conteúdos adequados para o público existe o profissional de avaliação de mídias.

O trabalho do Avaliador de Mídias é analisar e aplicar alterações para melhorar o relacionamento social e posicionamento nas mídias. Os avaliadores podem realizar diversas atividades, como:

  • Fornecer feedbacks sobre relevância de resultados de pesquisas e anúncios em feeds
  • Categorizações
  • Avaliação de conteúdos que podem estar duplicados
  • Verificar possíveis violações de termos e políticas das plataformas
  • etc.

A verdade sobre o trabalho home-office para Google, Netflix e outras multinacionais

Existem algumas diferenças entre o trabalho de Avaliador de Mídias e outras pequenas tarefas remuneradas que algumas plataformas aceitam vários tipos de perfis com menos requisitos, onde, na verdade, é possível ganhar uma renda extra apenas e isso cria uma pequena confusão entre as pessoas.

Nas tarefas remuneradas as atividades incluem pesquisas, testes de aplicativos e atividades relacionadas a testes de IA, etc.

Ao contrário dos trabalhos home-office de Avaliador de Mídias que são uma opção bem mais rentáveis de se ganhar dinheiro trabalhando online.

Como funciona o trabalho de avaliador de mídias

O trabalho de Avaliador de Mídia que essas plataformas oferecem é de forma terceirizada através de empresas que indicaremos nós próximos tópicos.

O trabalho consistem em identificar conteúdos que não seguem as políticas das plataformas como conteúdos e anúncios com nudez, linguagem imprópria, conteúdos ofensivos, fake news, golpes e outras violações.

O profissional também ajuda a medir a qualidade de resultados de pesquisas nas mídias.

Exemplo: Quando pesquisamos por algo na internet nem sempre encontramos o que realmente estávamos buscando e o Avaliador de Mídias é responsável por fornecer feedbacks para melhorar esses resultados.

Os conteúdos podem ser anúncios, publicações, resultados de pesquisas e conteúdos em geral que vão desde palavras-chave até mesmo vídeos e imagens.

Quanto ganha um Avaliador de Mídias?

De acordo informações do site Ineed os ganhos de um Avaliador de Mídias da Appen é de aproximadamente US $16,65 dólares por hora, isso nos EUA, não há muitos dados sobre os ganhos aqui no Brasil. Os valores de remuneração na verdade dependem muito de projeto para projeto podendo ser menor ou maior que isso.

Outra plataforma que contrata para projetos de Avaliação de mídias, a Lionbridge, paga entre US $7 a US $ 8 dólares por hora. Informações do site Glassdoor.

Qual a carga horária de trabalho de um Avaliador de Mídias?

A carga horária geralmente é de 20 horas semanais e não é necessário seguir um horário fixo de trabalho podendo escolher seus próprios horários. Os projetos normalmente tem uma duração de pelo menos 2 horas por dia e podem durar semanas ou até meses dependendo de projeto para projeto.

Requisitos mínimos de trabalho

Os requisitos para trabalhar como Avaliador de Mídias não são muitos e com apenas um celular você pode fazer parte deste trabalho.

Os requisitos mínimos são:

  • Um computador ou/e celular smartphone
  • Acesso a internet de alta velocidade
  • Ser proativo em redes sociais e dominar todos seus recursos
  • Ter ampla habilidade de pesquisa na web em mecanismos de pesquisas como Google, Yahoo e Bing
  • Ter disponibilidade de pelo menos 2 horas por dia.

Esses são os requisitos mínimos para poder trabalhar como avaliador de mídias, porém as plataformas sempre buscam perfis diferentes de trabalhadores e conhecimentos mais avançados em mídias podem te garantir maiores chances de ser chamado para os projetos mais bem pagos na área.

Quais empresas contratam um Avaliador de Mídias?

Nós não recomendamos que faça nenhum cadastro prévio em qualquer uma das empresas mencionadas abaixo se realmente não tiver as habilidades necessárias para área.

Principais empresas que contratam e terceirizam atividades como Avaliador de Mídias:

Appen

Uma das empresas mais procuradas, a Appen tem diversas parcerias de peso como Google e muitas outras multinacionais.

É possível tirar entre R$1.000 e R$3.000 por mês em projetos que podem durar até um ano.

Existem projetos com duração menor e também são muito bem remunerados podendo ganhar entre US $5,00 até US $20,00 por tarefa.

Alguns projetos têm compromissos semanais com horários fixados e podem pagar entre US $5,00 á US $10,00 por hora e como dito no começo do artigo varia muito de projeto para projeto. Veja mais aqui!

Lionbridge

A Lionbride é uma empresa que oferece oportunidade de trabalho como Avaliador online, aprimorar, treinar, traduzir, entre outros projetos.

Para o registro basta responder perguntas profissionais sobre você para lhe oferecer tarefas que combinem.

Cursos recomendados (Preços entre R$20,00 / R$60,00):

Conclusão

O trabalho como Avaliador de Mídias é algo muito importante para muitas plataformas sociais online e o trabalho muito bem remunerado já é sonho de muita gente.

Espero que tenha deixado claro como tudo isso funciona e tenho certeza que se seguir todas as recomendações deste artigo logo se tornará um Avaliador de Mídias.

Veja também:

Sobre Marcos R. Martins

Redator e Webmaster, apaixonado pelo universo digital. Especializado em Criação de Conteúdo para Web, SEO e Marketing de Conteúdo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: