Transformação digital e a pandemia: as mudanças vieram para ficar

Em 2020, tivemos uma reviravolta nas nossas vidas: a pandemia do coronavírus. Ninguém nunca pensou em passar meses sem sair de casa, muito menos sem precisar ir ao trabalho todos os dias da semana.

A covid-19 nos impôs uma transformação digital, alterando nossa forma de executar diversas tarefas. O digital precisou ser amplamente utilizado e incorporado, mesmo por aqueles que não possuíam tanta afinidade com o conceito.

Bater ponto, reuniões presenciais e o intervalo para o café deram lugar a reuniões através das plataformas de chamadas de vídeo e acompanhamentos de projetos através de ferramentas colaborativas. Os encontros com o pessoal da firma? Apenas por vídeo chamada.

Enfim, as mudanças digitais foram várias nessa época que vivemos, mas Isso não quer dizer que elas surgiram com a pandemia, as empresas já estavam cada vez mais implementando novas tecnologias, as pessoas já tinham interesse sobre as carreiras digitais, mas tudo que vivenciamos no ano passado nos fez encarar cada vez mais de perto essas alternativas.

Transformação digital: entenda do que se trata

A transformação digital diz respeito à incorporação de tecnologias nos processos empresariais. Tudo visando otimizar os resultados e trazer uma melhor experiência para os consumidores. Assim, a inclusão da cultura digital traz inúmeros benefícios, como:

  • Agilidade nos processos
  • Economia
  • Aumento da produtividade
  • Atendimento personalizado
  • Possibilidade de redução do espaço físico
  • Rapidez na resolução de problemas e muitos outros.

Mais uma vez é preciso frisar que tal movimento já vinha se desenvolvendo com velocidade nas empresas, mas a pandemia acelerou mais ainda esse processo e o exigiu daqueles negócios que estavam deixando essa mudança para depois.

Como se adaptar?

Apesar de estarmos cada vez mais conectados, muitas vezes encontramos dificuldades até nos acostumarmos a essa forma de trabalho, até porque as competências exigidas de um profissional há cinco anos, não são as mesmas de hoje em dia.

Criatividade, flexibilidade, rapidez para lidar com imprevistos são algumas das características desejadas para esses novos profissionais. É essencial entender o mercado e desenvolver as competências necessárias para atender aos diversos desafios apresentados.

Com os avanços tecnológicos, muitas vezes temos a impressão de que, como nos filmes de ficção científica, as máquinas vão nos substituir, afinal, elas estão em todos os lugares. Isso é verdade apenas em partes.

Trabalhos mecânicos e repetitivos podem, sim, ser suprimidos. Contudo, a atividade criativa, as práticas relacionadas com o nosso lado mais humano, serão cada vez mais valorizadas, justamente por não poderem ser substituídas por um software qualquer.

A qualificação para o mercado digital está sendo cada vez mais valorizado. Assim, tenha em mente: especialize-se, estude, procure desenvolver a sua inventividade e saiba que a inovação se faz na intersecção de saberes.

Como se capacitar?

Os avanços tecnológicos estão presentes em todos os aspectos de nossas vidas. Você viu acima os benefícios que eles podem trazer para as empresas, mas essas melhorias atingem também a forma como podemos nos capacitar.

A pandemia fez com que várias instituições de ensino precisassem se adaptar. Aulas remotas agora fazem parte do nosso cotidiano. Você consegue perceber como isso é maravilhoso? Aquelas pessoas que querem aprender, mas que moram em cidade pequenas, por exemplo, têm acesso a ótimos cursos, com excelentes professores e, além disso, com a possibilidade de troca com os demais alunos.

Na modalidade de ensino a distância (EAD), o aluno tem maior flexibilidade com os horários da aula, facilitando a vida de muitos estudantes que precisam conciliar com outras atividades. Busque sempre por mais conhecimento.

Um dos aspectos mais estimados nos profissionais da era digital são as ideias inovadoras, e, como falei acima, a inovação surge da interseção de conhecimentos. Isto é, é no encontro de saberes de áreas distintas que temos ideias mais criativas. A interdisciplinaridade é fundamental nos dias de hoje.

O interesse por diversos ramos faz com que tenhamos mais facilidade em resolver problemas e sejamos mais criativos nessa resolução. Assim, pesquise sobre as instituições e não perca a oportunidade de adquirir conhecimentos para se tornar um excelente profissional, apto a avançar cada vez mais no mercado digital.

Conclusão

A transformação digital que já vinha acontecendo no mundo, foi potencializada durante a pandemia da covid-19. Fomos impulsionados a lidar com as novas tecnologias. Velhinhos e velhinhas de todo mundo aprenderam a fazer chamadas de vídeos para poderem conversar com seus netos e aplacar a solidão trazida pelo isolamento.

Alunos passaram a assistir às aulas de casa, em seus notebooks ou celular. Empresas inteiras adotaram o modelo home office. As mudanças estão aí e vieram para ficar. E se você não quiser ficar para trás, é fundamental acompanhar todas essas transformações.

Busque novos cursos, aprenda, estude! As evoluções tecnológicas não vão parar por aqui. Pense em tudo que você já viu mudar nos últimos anos.

Vai ser necessário uma atualização constante, sempre estar antenado às inovações, aos novos modos de fazer. Mas não se assuste, como benefício dessas transformações, temos muito mais acesso a conteúdos de qualidade, a cursos com excelentes professores.

Então, o que você vai fazer para não ficar de fora dessa revolução digital?

Sobre Camila Monteiro

Camila Monteiro, especialista em Marketing, Inovação, Comunicação e Saúde.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: