Mercado financeiro: 5 dicas para aprender mais

Antes de mais nada, uma constatação. Nunca no Brasil conhecer sobre o mercado financeiro foi tão necessário. A verdade é que estamos passando por grandes mudanças culturais e comportamentais no que se refere a economia e finanças.

Cada vez mais pessoas se interessam pelo mercado financeiro. Os motivos são muitos: a crise financeira, o cenário pandêmico devido ao coronavírus, as mudanças no regime previdenciário e o baixo rendimento da caderneta de poupança.

Por fim, a disponibilidade de conteúdos referente ao segmento na internet cria o cenário perfeito para a popularização do tema. No entanto, é necessário muito mais do que necessidade, coragem e dinheiro na mão para começar a investir. Saber o que fazer, e o que não fazer nesse mercado nebuloso é fundamental para o sucesso. Então, para te ajudar a dar os primeiros passos, preparamos algumas dicas.

O que é mercado financeiro? E por que devo aprender sobre ele?

O mercado financeiro é basicamente um ambiente supervisionado para relações comerciais entre investidores e tomadores (empresas, pessoas e até mesmo governos). Nele são negociados ativos como commodities (petróleo, soja, ouro, entre outros), valores mobiliários e moedas estrangeiras.

O investimento é uma promessa de ter o valor investido com acréscimos. Dependendo do tipo investimento, baixo ou alto risco, o investidor pode ver seu patrimônio aumentar consideravelmente. Mas por que você deve investir? Como disse no início do texto, os motivos são muitos, mas o mais importante é garantir um futuro para você e sua família.

Investir no mercado financeiro é uma ótima alternativa para garantir seu pé de meia sem ter que contar exclusivamente com o regime previdenciário brasileiro. Nesse artigo, vou te pegar pela mão e te guiar por algumas dicas para você iniciar seu aprendizado e conseguir a confiança necessária para dar os primeiros passos.

1 – Mercado Financeiro: Faça um bom curso e aprenda o que puder

Sobre o mercado financeiro, perdoe a frase clichê, conhecimento nunca é demais. A primeira dica que temos para te dar é: faça um bom curso na área de investimento e finanças. Esse curso será o pontapé inicial da sua jornada de aprendizado e consequentemente trará a confiança e conhecimentos necessários para começar a investir.

Recomendamos a Proseek Cursos e Consultoria Educacional. Eles possuem diversos cursos sobre mercado financeiro e negócios. Possuem professores qualificados e uma metodologia prática para você obter o mindset certo para dar os primeiros passos.

2 – Leia sempre sobre o mercado financeiro

Faça da leitura um hábito diário. Procure bons livros da área e acompanhe as notícias diariamente. Não somente sobre mercado financeiro, amplie sua busca por conhecimento para as editorias de política e sobre o que acontece no mundo. Tudo pode impactar o mercado.

3 – Siga perfis de profissionais da área para se manter atualizado

Pode parecer que não, mas você consegue aprender bastante coisa nas redes sociais nativas de conteúdo como o Instagram e TikTok. Comece seguindo algumas hashtags como: #mercadofinanceiro e #mercadofinanceirohoje e observe as contas que produzem dicas, insight e atualizações sobre o mercado financeiro.

O bom de seguir perfis da área é que além de conseguir aprender um pouquinho mais a cada dia você também se aproxima de pessoas com os mesmo interesses para interagir.

4 – Conheça as opções de investimento

Caso você não saiba existem diversos tipos de investimentos. A Caderneta de poupança, por exemplo, que conta com o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) para ressarcimento do capital investido em caso de falência da instituição financeira, é considerado um investimento de baixo risco.

Investimentos mais arrojados como o fundo de ações possuem um retorno bem maior apesar do risco mais elevado. Conhecer cada uma dessas opções de investimentos, e identificar os prós e os contras de cada uma delas é fundamental para começar. Através de um bom curso, como o da Proseek, por exemplo, você vai conseguir o conhecimento necessário para tirar tudo isso de letra.

5 – Descubra o seu perfil de investidor

Seu perfil de investidor abrange seu conhecimento da área, sua disponibilidade de recursos, sua tolerância a riscos e potencial de resiliência. Com o tempo, aprendizado e autoconhecimento você vai aprender a encontrar as oportunidades certas de acordo com o seu perfil.

Dica Bônus

Então, tudo certo para começar? A nossa última dica, é o programa Aquário de Talentos da Proseek Cursos e Consultoria Educacional. Esse programa aproxima os alunos do curso das melhores empresas do segmento. Clique neste link e veja o catálogo de cursos que podem te ajudar a ser um profissional qualificado do mercado financeiro.

Veja também:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: